BLOG

  • Pilates para Atletas

    Ultimamente em quase todas as revistas esportivas você consegue achar uma matéria sobre como o método Pilates tem ajudado a melhorar a performance dos atletas.Atletas como Jake Arrieta, Antonio Brown, Jimmy Butler e Kobe Bryant só para nomear alguns. 

    Como sabemos o Pilates tem muitos benefícios como prevenção de lesões, reabilitação, fortalecimento do Core, coordenação, força, alongamento e controle, mas conseguimos fazer com que o método Pilates seja ainda melhor para atletas?

    Infelizmente muitos atletas profissionais descobrem o Pilates após uma lesão ou pela necessidade de alívio de dor.  Essa será a prioridade do instrutor, mas ao mesmo tempo pode ter certeza que o atleta vai compreender todos os benefícios que o método tem a oferecer.

    Benefícios do método Pilates

    Um dos maiores benefícios do método Pilates é a melhora dos mecanismos do corpo. Isso permite que o corpo se mova mais efetivamente e consequentemente irá melhorar diretamente a performance no esporte.

    Originalmente, o Método Pilates foi criado, por Joseph Pilates, como uma forma de condicionamento em geral.

    Como o Pilates alonga e estica o corpo uniformemente, ele é especialmente beneficial para atletas. A maioria dos atletas passa a maior parte do treino em técnicas mais específicas como força, mobilidade e um treinamento equilibrado. Esse treino é específico para a modalidade esportiva e para a posição do jogador.

    Muita frequência de um treino específico pode acarretar em um corpo muito desequilibrado porque eles só treinam os músculos que precisam para a modalidade.

    A partir do momento que os atletas se especializam, menos tempo é gastado em condicionamento e isso tem gerado várias lesões pois partes do seu corpo ficam extremamente desenvolvidas enquanto outras partes permanecem não desenvolvidas.

    Especialmente para atletas profissionais, o condicionamento físico é por conta própria, pois durante o treino eles apenas praticam movimentos específicos da modalidade.

    Com o Pilates em seus treinos condicionais pode melhorar sua saúde e performance esportivas.

    O treinamento para atletas

    Uma das concepções equivocadas que os atletas têm assim que começam a praticar é de que eles acreditam que a baixa resistência e o número baixo de repetições não irão ajuda-los a melhorar a força e a velocidade.

    Isso não é verdade. Para melhorar a funcionalidade da força ou a velocidade você precisa de uma biomecânica e um alinhamento perfeito. Se o atleta não conseguir criar um alinhamento perfeito durante uma sequência de baixa resistência com exercícios controlados, como eles conseguirão quando a velocidade e a resistência aumentarem?

    Se você não consegue fazer devagar, você não consegue fazer rápido!

    Apesar do Pilates ser extremamente benéfico para atletas, existe uma grande diferença entre a maioria dos esportes e o método Pilates.

    No Pilates, a maioria dos movimentos são simétricos enquanto a maioria dos movimentos dos esportes são assimétricos.

    Como por exemplo o Footwork, Frog, e Rowing no Reformer são movimentos onde os braços e as pernas trabalham o mesmo movimento, na mesma direção, na mesma velocidade, ao mesmo tempo.

    Em contrapartida, a maioria dos esportes são assimétricos e tem um fator de rotação que realiza um movimento contrário no corpo. Como por exemplo correr (perna direita e braço esquerdo) ou qualquer arremesso ou chute, como no tênis ou no futebol.

    Concluindo…

     A beleza do Método Pilates é que pode ser adaptado para todos. Ele é universal e único.

    Fonte: https://blogpilates.com.br/metodo-pilates-focado-em-atletas/

    Pilates para Atletas