BLOG

  • Como o Pilates pode melhorar a biomecânica da corrida?

    Apesar de ainda não existir comprovação científica para esse assunto, assim como nada comprova que o uso do tênis previna lesões ou que o não uso dele nos deixe mais susceptíveis, vamos levar em consideração a prática e vivência diária com atletas, além da própria percepção como corredora e praticante de Pilates.

    Quando trabalhamos com nosso aluno, independentemente dos objetivos que ele tenha com o Pilates, vamos sempre focar em postura,fortalecimento muscular, controle de centro, alongamento, consciência corporal, além de muitos outros, certo?

    É isso aí, mas levando em consideração os elementos citados acima, vamos priorizar alguns pontos importantes para a biomecânica da corrida, além de todos esses que são fundamentais e aí vão eles:

    1) Melhorar mobilidade articular dos pés (incluindo dedos), tornozelos, joelhos, quadril, coluna, ombros e braços. Ou seja, corpo todo, mas claro que podemos priorizar membros inferiores. Quis citar todas essas articulações, porque uma biomecânica da corrida adequada envolve o corpo trabalhando em conjunto pra um menor gasto energético.

    2) Trabalho de propriocepção e equilíbrio.

    3) Consciência corporal, que está completamente interligada com a propriocepção. Vou explicar melhor:

    Se o apoio inicial do pé com o solo deve ser do pé flat, ou médio pé, primeiro precisa existir a consciência de onde e em que parte do pé fazer esse apoio.

    Por isso os exercícios da panturrilha ou agachamentos com os calcanhares elevados – bem como os footworks do Reformer – são extremamente eficientes e importantes, além de auxiliar na correção de descarga de peso inadequada ou desequilibrada, melhorando a biomecânica da corrida.

    Outro ponto importante em relação a consciência corporal: se os ombros devem estar relaxados e soltos. Se já é desafiador pra alguns enquanto estão parados, imagina quando em movimento.

    Por isso os exercícios de mobilização e consciência das escápulas e ombros devem fazer parte da aula, bem como as pranchas com distribuição de carga em membros superiores, desafiando além de muitas outras partes do corpo, essa organização de cabeça, pescoço e ombros.

    4) Fortalecimento dos principais grupos musculares requisitados, para melhorar de forma geral a biomecânica da corrida.

    O método Pilates é muito rico em movimentos funcionais e por isso tem importância fundamental na vida de uma corredor, ainda mais os que querem melhorar sua biomecânica da corrida.

    Todos os exercícios devem ser realizados utilizando os princípios (concentração, controle, controle de centro, precisão, fluidez e respiração) e podem simular o gesto esportivo da corrida.

    Fonte: www.blogpilates.com.br

    Agende sua aula experimental pelo whatsapp (41) 99133-4396

    Estamos na saldanha Marinho 1050 - Curitiba/Batel 

    Como o Pilates pode melhorar a biomecânica da corrida?