BLOG

  • Pilates alívio para quem sofre de Fibromialgia

    Muita gente sofre de Fibromialgia e muita gente não sabe o que é.

    Fibromialgia é  uma condição dolorosa generalizada e crônica. É considerada uma síndrome porque engloba uma série de manifestações clínicas como dor, fadiga, indisposição e distúrbios do sono. De causa desconhecida e sem cura, a síndrome se detecta em sua maioria nas mulheres, principalmente nas que estão no período pós-menopausa. A Fibromialgia pode prejudicar a qualidade de vida e o desempenho profissional. Como não existem exames complementares que por si só confirmem o diagnóstico, a experiência clínica do profissional que avalia o paciente é fundamental para o sucesso do tratamento. Os sintomas também podem provocar alterações no humor e diminuição da atividade física, o que agrava a condição de dor. 

    Na fibromialgia os exercícios são muito úteis. Mas muitas pessoas ficam desencorajadas a fazer atividades físicas, poupando  movimentos nos locais dolorosos por temerem um aumento dos sintomas. Mas os exercícios físicos na fibromialgia promovem um relaxamento nos locais de dor, melhora dos sintomas e da qualidade de vida. promovem um melhor condicionamento cardiovascular, atuam sobre o sistema musculoesquelético, ou seja, favorecem a mobilidade de músculos que se encontram em contração prolongada, promovem o alongamento de tendões e melhoram o equilíbrio. A pessoa  se  sente melhor e mais saudável. 

    O Pilates é uma das formas que contribuem para o controle da síndrome. Inicialmente é feito um aquecimento para melhorar o aporte sangüíneo para os músculos e tendões, adequando a freqüência cardíaca e respiratória, para uma melhor resistência física. Depois desse aquecimento, os exercícios são feitos de acordo com o limite de resistência do paciente, ou seja, os movimentos não podem ser extenuantes porque prejudica o metabolismo do músculo e favorece o acúmulo de substâncias que levam à dor. O ideal é que os exercícios sejam leves, progressivos, em pequena quantidade, mas que sejam realizados diariamente, de modo criterioso, regular e obedecendo a uma seqüência programada de forma personalizada.
    Fonte: http://www.fibromialgia.com.br/ 

    Pilates alívio para quem sofre de Fibromialgia